17

escrito por Angela Fofan

11

VAGA PARA ESTÁGIO ADMINISTRAÇÃO

Cursando: Administração

Pré-requsiitos: A partir do 5º período. Atuará como estagiário de administração e demais atividades pertinentes ao cargo. O estagiário terá treinamento integrado, Qualificação e desenvolvimento profissional – Possibilidade de efetivação e ascensão a cargos executivos.

Bolsa de estágio no valor de R$ 650,00, adicional por produtividade e variáveis. Auxílio transporte.

Interessados deverão enviar currículo com o título da vaga no assunto para:

rh@consultcenter.com.br

**Até o dia 17/11/2014**

VAGA PARA COMPRADOR

Cursando: Ensino Superior

Pré-requisitos: Ter experiência na função e residir em Igarassu, Abreu e lima ou Paulista.

Interessados deverão enviar currículo com o título da vaga no assunto para:

curriculo.cne@gmail.com

**Até o dia 17/11/2014**

VAGA PARA ASSISTENTE DE FATURAMENTO

Cursando: Administração ou Ciências Contábeis

Atividades: Executar atividades da área de faturamento, elaborar relatórios gerenciais. Realiza análise de erros de processamentos, emissão de notas ficais e romaneios. Conhecimentos desejáveis: Sistema de gestão (WMS), Fiscais,Logística, segurança do trabalho, Politicas e normas de qualidade, Estruturas Organizacionais.

Salário: R$ 1.451,09 + VT+ Refeitório na Empresa.

Interessados deverão enviar currículo com o título da vaga no assunto para:

rh.rce@guaporh.com.br

**Até o dia 17/11/2014**

escrito por Jocianne Rodrigues

05

O Natal já virou tradição na Faculdade Joaquim Nabuco – Recife. Este ano não será diferente e a faculdade entrará no clima da festa com solidariedade, trata-se da nova edição do Projeto Natal Solidário. O evento é institucional e a dinâmica incorporou os múltiplos saberes dos diversos cursos da instituição, e começará em 24 de novembro de 2014, com abertura às 18h, no pátio da faculdade.

No Pátio da Faculdade será montada uma árvore de Natal e montado todo um ambiente lúdico de presentes, luzes e cores. Na decoração aérea, formada por estrelas, teremos cartinhas de 105 crianças assistidas pelo abrigo infanto-juvenil Filadélfia, situado no Bairro de San Martin, zona oeste da capital pernambucana, uma entidade sem fins lucrativos e de utilidade pública. Alunos do curso de Serviço Social visitaram a instituição e realizaram a triagem das cartinhas.

Professores e alunos poderão adotar uma cartinha e deixar o presente em uma das caixas coletoras na Instituição. No dia 16 de dezembro será feita a entrega dos presentes às crianças da instituição, às 9h, com ação recreativa do curso de Pedagogia.

“O Natal Solidário de 2013 foi um sucesso. 105 cartinhas foram adotadas em menos de 48 horas por professores, funcionários e alunos da graduação e do Pronatec”, relata a Diretora-adjunta da faculdade, Anny Jatobá. Nesta edição do Natal Solidário 80 crianças do Projeto Lugar da Criança, do Bairro de São José, zona central, também receberão brinquedos arrecadados durante a 1ª Caminhada e Corrida Solidária Nabuco, que aconteceu no dia 20 de setembro passado.

Campanha – O curso de Publicidade e Propaganda, através da disciplina Planejamento Visual e Gráfico, manhã, ministrada pelo prof. José Carlos de Mélo, desenvolveu todo o planejamento de criação e arte da ação social da Faculdade. A aluna Daniele Nery teve a campanha escolhida para a divulgação.

escrito por Angela Fofan

05

Questões de etnia, raça, cultura, gênero e inclusão social estarão na pauta do projeto Nabuco Diversidade Cidadã, uma promoção da Faculdade Joaquim Nabuco, unidade Recife. O objetivo da proposta acadêmica é gerar debate crítico e reflexivo sobre os assuntos abordados com espaço para a participação de vários segmentos da sociedade civil organizada. O evento acontecerá no período de 17 a 21 de novembro de 2014,  todos os turnos, em diversos ambientes da instituição.

Confira a programação completa:


-17 a 21 de novembro

Exposição Etnopedagógica: Releituras de Máscaras Indígenas e Africanas

Local: Sala de Exposição (entrada da faculdade)

Horário: permanente

-18 de novembro

Debate: “O sistema de cotas raciais no Brasil”

Convidada: Dra. Maria Bernadete Lopes da Silva

Advogada; Integrante da Comissão de Igualdade Racial e Proteção aos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais  da OAB/PE e Trabalha na Secretaria do Meio Ambiente de Pernambuco – setor de comunidades tradicionais.

Mediadora: Dra. Clara Pontes

Advogada, professor universitária, coordenadora do Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade Joaquim Nabuco – Recife.

Local: Auditório – 2º andar

Horário: 19:30 às 21:30

-20 de novembro de 2014

Palestra: “A questão de raça e etnia no pensamento de Franz Boas”

Facilitador: Dr. Tiago Sales

Filósofo, professor universitário e pesquisador social

Mediadora: Selma Seixas

Professora, pesquisadora social e assistente social da Prefeitura do Recife.

Local: Auditório – 2º andar

Horário: 19:30 às 21:30

Ainda teremos como parte integrante da programação uma peça teatral sobre a cultura brasileira na sala 707. A ação também lembra o dia da Consciência Negra comemorado no dia 20 de novembro, quando se relembra a memória de Zumbi dos Palmares. Entrada gratuita com inscrição no local do evento e constará de 5h de atividade complementar.

escrito por Angela Fofan

03

Como parte do calendário acadêmico 2014 da Faculdade Joaquim Nabuco, unidade Recife, acontece no período de 03 a 15 de novembro de 2014, a avaliação institucional, que poderá ser realizada pelo Portal Acadêmico (Clube Nabuco). A ação é um dos instrumentos de avaliação por parte da Comissão Própria de Avaliação (CPA), presidida pelo prof. Edson Brígido.

A avaliação institucional verifica, dentre outros aspectos, o processo de ensino-aprendizagem, o corpo docente e discente, a estrutura física da faculdade. “É um termômetro para implementar ações na faculdade para a melhoria de toda a comunidade acadêmica”, revela Edson Brídigo.

A faculdade já sente esse feedback positivo da avaliação analisando os dados e confrontando com a realidade empírica. “A colocação do piso tátil, o aumento do acervo de livros na biblioteca, espaço delimitado para cadeirante em sala de aula, são demandas da comunidade acadêmica e colocamos em prática com o apoio da Direção Geral e da Mantenedora”, afirma Brígido.

Segundo as diretrizes do Ministério da Educação, a Avaliação Institucional é:

A Avaliação Institucional é um dos componentes do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e está relacionada:

  • à melhoria da qualidade da educação superior;
  • à orientação da expansão de sua oferta;
  • ao aumento permanente da sua eficácia institucional e efetividade acadêmica e social;
  • ao aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais das instituições de educação superior, por meio da valorização de sua missão pública, da promoção dos valores democráticos, do respeito à diferença e à diversidade, da afirmação da autonomia e da identidade institucional.

Ainda conforme o Ministério da Educação, Avaliação Institucional divide-se em duas modalidades:

Autoavaliação Coordenada pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) de cada instituição e orientada pelas diretrizes e pelo roteiro da auto-avaliação institucional da Comissão Nacional de Ensino Superior – CONAES.
Avaliação externa – Realizada por comissões designadas pelo Inep, a avaliação externa tem como referência os padrões de qualidade para a educação superior expressos nos instrumentos de avaliação e os relatórios das auto-avaliações. O processo de avaliação externa independente de sua abordagem e se orienta por uma visão multidimensional que busque integrar suas naturezas formativa e de regulação numa perspectiva de globalidade.
Em seu conjunto, os processos avaliativos devem constituir um sistema que permita a integração das diversas dimensões da realidade avaliada, assegurando as coerências conceitual, epistemológica e prática, bem como o alcance dos objetivos dos diversos instrumentos e modalidades.

Diante do exposto, a Faculdade Joaquim Nabuco/Recife convida o corpo docente e discente a se engajarem neste processo de nossa melhora continua enquanto instituição. O aluno que responder a avaliação institucional terá direito a ter contabilizado 3 horas de atividade complementar de curso no seu histórico. Este ano a CPA realizou campanha de retorno para mostrar as mudanças ocorridas ao longo do ciclo da avaliação.

escrito por Angela Fofan